terça-feira, setembro 22, 2020
15.1 C
São Paulo

Conheça as novas categorias do Brasileiro de Motocross

A abertura do Brasileiro de Motocross está chegando! A primeira etapa será realizada nos dias 03 e 04 de junho, em Cornélio Procópio (PR).

Neste ano, a novidade é a volta de algumas categorias do circuito principal e a criação de novas classes. Além da MX1, MX2, MX3 e Junior, estarão na disputa as classes MX5, MX4, MXF, 65c, 50cc, MX2-Junior e Nacional 230cc.

Novas categorias do Brasileiro de Motocross: MX5

A MX5 é uma das novas categorias e os pilotos dessa classe vão correr junto com a MX3, MX4 e MXF. A separação será feita somente a critério de ranking e pódio. Irineu Minato será um dos competidores presentes na MX5 e aprovou ter uma categoria para essa faixa etária. “Costumo falar para amigos que os tempos mudaram. Basta olhar a expectativa de vida de 50 anos atrás e comparar com os atuais. Olhando para países desenvolvidos, como os EUA, têm-se, além da MX50, a MX60, a MX70 e são campeonatos disputados e valorizados”, comenta. Ainda segundo o piloto, isso fomentará o esporte e fará com que mais famílias venham para os eventos. “O pai que está participando da MX5 leva sua família e desperta o interesse de futuros pilotos”, complementa.

Novas categorias do Brasileiro de Motocross: MX2-Junior

Para quem está começando, também foi criada a MX2-Junior destinada a motocicletas de até 250cc 4T ou  125cc 2T e pilotos com idade de 14 a 17 anos. Os pilotos desta categoria alinharão no gate com os pilotos da MX2 nas duas baterias. Apenas para critério de ranking e pódio, as classes serão separadas. O number plate da categoria MX2-Junior deverá ser de fundo azul e número branco.

Confira mais detalhes sobre as categorias e o regulamento do campeonato aqui.

As inscrições podem ser feitas pelo site da Confederação Brasileira de Motocilismo (CBM).

O valor promocional para quem efetuar as inscrições até o dia 31 de maio é de R$100 para as categorias 50cc, 65cc, MXF e Junior e R$200 para MX1, MX2, MX3, MX2JR, MX4, MX5 e Nacional 230. Após o prazo, a taxa será de R$200 e R$300, respectivamente.

Com informações da CBM.

As mais lidas...

close