domingo, outubro 17, 2021
16.9 C
São Paulo

conheça tudo sobre essa categoria!

O Motocross Freestyle é uma modalidade de motocross é que a menina dos olhos do esporte, já que é o que mais chama a atenção do público geral e pode servir como um chamariz para que as pessoas conheçam as outras modalidades.

Os saltos arrojados e as manobras radicais são impressionantes e muito divertidas de assistir tanto ao vivo quanto em casa.

Entenda tudo sobre o motocross freestyle no texto a seguir! Boa leitura!

Entenda um pouco da história do FMX

O Motocross Freestyle, ou FMX, surgiu nos anos 1990, em um momento em que os truques e manobras do MX se tornaram muito “mundanos” para os motoqueiros mais selvagens.

Foi com o surgimento do backflip, entretanto, que o jogo mudou de vez e abriram-se as portas para a evolução do Motocross Freestyle.

Desde então, o esporte evoluiu bastante, sendo que hoje em dia a competição está em outro nível ainda maior de complexidade, com backflips duplos, whips, backflips superman, ruler e Heart Attacks.

Principais Manobras

A espinha dorsal do Motocross Freestyle é o Backflip, que nada mais é do que um giro de 360 graus para trás. Entretanto, existem muitas outras manobras no FMX. Confira algumas delas:

  • Whip – no Whip, o piloto gira a moto de lado no ar, para fora, em um ângulo de 98 graus;
  • Backflip Duplo – O backflip duplo nada mais é do que dois backflips, ou seja, ao invés da moto girar 360 graus para trás, ela gira 720 graus.
  • Backflip Superman – No backflip superman o piloto faz um backflip e tira os pés, jogando-os para parte de trás da moto. Quanto mais o piloto se distanciar da moto, maior vai ser a sua pontuação, prendendo-se somente pelas mãos e pelo guidão.
  • Heart Attack – Nessa manobra, o piloto inclina o corpo para o alto, sendo que ele pode chegar a ficar perpendicular à moto, esticando a cabeça e alterando o campo de visão para trás. Trata-se de uma manobra muito difícil, pois o piloto perde o contato visual com a moto durante alguns instantes.
  • Ruler – Trata-se de uma das manobras mais difíceis de serem realizadas. No Ruler, o piloto e a moto ficam completamente perpendiculares ao chão, como os ponteiros de um relógio marcando meio dia ou seis horas.
  • Deadbody – No deadbody, o piloto joga as pernas por cima do guidão, alcançando a parte frontal da moto e se mantém com o corpo estendido.

Principais Eventos

Existem diversos campeonatos e eventos regionais, nacionais e internacionais ao redor do mundo, sendo que a principal competição de Motocross Freestyle é o FIM FreeStyle Motocross World Championship, o campeonato mundial.

No Brasil, a maior competição de FMX do país é o Duelo de Motos, que está fazendo com que o motocross de maneira geral seja mais conhecido pelo público brasileiro.

Diferentemente dos campeonatos de Motocross normais, como o MX1 ou o MX2, o Duelo de Motos e os campeonatos de FMX chamam bem mais atenção do público em geral, já que é uma competição focada em manobras impressionantes, e não nas corridas.

Conheça os equipamentos para o motocross freestyle

Para praticar Motocross Freestyle, é necessário ter um veículo bem preparado para fazer os saltos e o equipamento adequado para a sua proteção.

Confira a seguir quais são os principais equipamentos para praticar Motocross Freestyle:

Vestuário

Para praticar o motocross freestyle, é necessário usar as roupas necessárias para proteger o seu corpo do atrito com o chão caso algum acidente aconteça.

Nesse sentido, uma calça e uma jaqueta profissionais são essenciais para proteger o corpo dos possíveis danos causados por um salto.

Coletes

Já os coletes servem para proteger os ombros e o tórax, pois essas são áreas que ficam muito expostas na prática do motocross em geral.

Existem duas opções de colete, os convencionais e os integrais. Nenhum é melhor que o outro, na verdade eles tem propósitos diferentes.

Os coletes convencionais protegem menos, mas são utilizados por pilotos que querem mais praticidade, já que ele pode ser utilizado até mesmo acima das camisas de motocross.

Já os coletes integrais oferecem uma proteção muito maior. Por isso, ele é mais recomendado para profissionais ou pessoas que vão correr algo com alto impacto ou intensidade, como modalidades de supercross, por exemplo.

Capacetes

Os capacetes são essenciais para toda e qualquer prática de envolva velocidade, como o caso do motocross freestyle.

O capacete deve ter um mínimo de folga e, no máximo, permitir que você coloque um dedo no lado oposto do que você força.

Também é possível utilizar um protetor de pescoço para conseguir segurança extra. Se quiser pesquisar na internet, pode procurar por “cinta de jugular”.

Luvas

Luvas também são muito importantes para garantir que você não vai machucar as suas mãos durante o salto.

Elas são especialmente desenvolvidas para proteger a sua mão e garantir que você consiga segurar no guidão da moto com confiança.

Botas

Por fim, as botas são um dos equipamentos mais caros e mais importantes para quem quer praticar motocross freestyle.

Isso porque os pés e os tornozelos absorvem muito impacto durante as aterrissagens do motocross freestyle, e por isso devem ser protegidos o máximo possível.

As botas mais top de linha disponíveis hoje no mercado são especialmente desenvolvidas para diminuir o impacto dos saltos sobre as pernas, o que faz com que o valor das mais tecnológicas seja bem alto.

principais eventos da modalidade freestyle no motocross

Como os grandes eventos influenciaram o esporte

Se campeonatos de motocross como o MX1, Supercross e o Cross Country são o coração do esporte, o Motocross Freestyle é o que mais chama a atenção do público.

As manobras arriscadas são muito bonitas de se ver ao vivo e levam a plateia à loucura. Servem muito como uma introdução para outras categorias, como o Supercross, que é focado em corrida, mas que também tem saltos.

Conclusão

Como vimos, o Motocross Freestyle é uma das categorias mais populares entre o público geral do motocross, já que os saltos são bastante impressionantes e capazes de chamar a atenção de qualquer pessoa.

Existem diversas manobras de motocross e, enquanto no mundo o principal evento é o FIM FreeStyle Motocross World Championship, no Brasil, a maior competição da categoria é o Duelo de Motos.

Para praticar motocross freestyle, é importante que você use o vestuário adequado, com colete, capacete, luvas e botas, para se proteger de fraturas.

Leia também:



Portal MX

As mais lidas...

Notícias Relacionadas

close