quarta-feira, setembro 30, 2020
27.9 C
São Paulo

Corrida espetacular marca terceira etapa do Arena Cross Brasil

O Arena Cross Brasil desembarcou, na quinta-feira, 12 de outubro, de forma inédita em Ourinhos (SP) para a disputa de sua terceira etapa. E o que foi visto na pista foram provas eletrizantes e resultados que embolaram a briga pelo título na categoria principal, a MXPro.

​Humberto “Machito” venceu a MX1 na soma das baterias. Foto: Divulgação Arena Cross.

Destaque para o venezuelano Humberto “Machito” que mostrou muita garra e subiu no lugar mais alto do pódio, seguido por Dudu Lima e Hector Assunção.

Rafael Becker foi soberano na 50cc. Foto: Divulgação Arena Cross.

Na 50cc, os pequenos aceleraram forte e a soberania de Rafael Becker se confirmou, com mais uma vitória do piloto, que segue na liderança isolada da competição.

A terceira etapa do Arena Cross Brasil também contou com o duelo 1×1 entre Humberto “Machito” e Hector Assunção. O paulista levou a melhor e faturou 2 pontos no campeonato. No Duelo 1×1 Ídolos, o brasileiro Rafael Ramos venceu o norte-americano Gene Fireball. Os pilotos ofereceram um verdadeiro espetáculo de talento e profissionalismo ao público que lotou as arquibancadas do evento – foram mais de 7 mil pessoas!

Os pilotos contaram com a qualidade de DropMud no Lavódromo oficial do evento e saíram com suas motos limpinhas.

Pilotos da DropMud

Ponto alto da noite, o show de freestyle motocross levantou a galera. Gian Bergamini, piloto patrocinado pela DropMud, apresentou manobras radicais nas alturas ao lado dos companheiros de modalidade, Diego DjamDjian, Fred Kyrillos e Marcelo Simões. O público foi ao delírio.

A Escuderia X enfrentou dificuldades na rodada, após imprevistos com Jetro Salazar e Lucas Dunka: após pequenos acidentes os pilotos abandonaram a segunda bateria da MX1. Jetro Salazar finalizou a etapa com o 8º lugar, após resultado de 3-DNF, Leandro Pará foi o 12º, com 12-9 e Lucas Dunka o 13º com 8-DNF.

Confira os resultados da terceira etapa do Arena Cross Brasil:

Classificação após duas baterias – MXPRO:

1º Humberto Martin #101 – Rota K – Reganhão Racing/Kawasaki

2º Dudu Lima #2 – Kawasaki/EMG

3º Hector Assunção #30 – Honda Racing Brasil

4º Adam Chatfield #407 – Dunas/Honda

5º Jean Ramos #1 – Yamaha/Geração

6º João Pedro Ribeiro #282 – Ipiranga/Honda

7º Marcello Lima #5 – Kawasaki/EMG

8º Jetro Salazar #920 – Escuderia X/Honda

9º Caio Lopes #134 – Rota K – Reganhão Racing/Kawasaki

10º Thales Villardi #27 – Subs27/Husqvarna

11º Paulo Alberto #211 – Honda Racing Brasil

12º Leandro Pará #958 – Escuderia X/Honda

13º Lucas Dunka #934 – Escuderia X/Honda

14º Fábio Santos #4 – Yamaha/Geração

 

Classificação do Campeonato após duas etapas – MXPRO:

1º Jean Ramos #1 – Yamaha/Geração – 85 pontos

2º Hector Assunção #30 – Honda Racing Brasil – 68 pontos

3º Adam Chatfield #407 – Dunas/Honda – 67 pontos

4º Humberto Martin #101 – Rota K – Reganhão Racing/Kawasaki – 66 pontos

5º Dudu Lima #2 – Kawasaki/EMG – 54 pontos

6º Paulo Alberto #211 – Honda Racing Brasil – 51 pontos

7º Jetro Salazar #920 – Escuderia X/Honda – 51 pontos

8º Marcello Lima #5 – Kawasaki/EMG – 47 pontos

9º João Pedro Ribeiro #282 – Ipiranga/Honda – 32 pontos

10º Caio Lopes #134 – Rota K – Reganhão Racing/Kawasaki – 32 pontos

11º Lucas Dunka #934 – Escuderia X/Honda – 29 pontos

12º Thales Villardi #27 – Subs27/Husqvarna – 22 pontos

13º Leandro Pará #958 – Escuderia X/Honda – 21 pontos

14º Fábio Santos #4 – Yamaha/Geração – 14 pontos

15º Mattis Karro #91 – Honda/Racing – 2 pontos


Classificação da prova – 50cc

1º Rafael Becker #7

2º Bernardo Tibúrcio #3

3º Lucas da Silva #17

4º Francisco Emílio #6

5º Luiz Henrique Tapari #158

6º Eduardo Araújo #77

7º João Aquino #5

8º Nikolas Tapari #22

 

Campeonato – 50cc

1º Rafael Becker #7 – 60 pontos

2º Lucas da Silva #17 – 45 pontos

3º Francisco Emílio #6 – 37 pontos

4º Luiz Henrique Tapari #158 – 35 pontos

5º Bernardo Tibúrcio #3 – 34 pontos

6º Nikolas Tapari #22 – 25 pontos

7º Eduardo de Araújo #77 – 20 pontos

8º Felipe Marques #160 – 17 pontos

9º Arthur Duarte #65 – 17 pontos

10º Giovana Duarte #128 – 13 pontos

11º João Aquino #5 – 9 pontos

12º Matheus Lima #515 – 9 pontos

13º Breno Baltazar #222 – 6 pontos

14º Artur Miranda #210 – 0 pontos

15º Renato Cobucci #50 – 0 pontos

Com informações da assessoria de imprensa.

As mais lidas...

close