quarta-feira, setembro 30, 2020
34.6 C
São Paulo

Gustavo Pessoa leva a melhor na MX2 durante Brasileiro do Motocross

O piloto Gustavo Pessoa venceu das duas baterias da categoria MX2 durante o Brasileiro de Motocross em Cornélio Procópio (PR), que foi realizado no último fim de semana. Com isso, Pessoa está com 50 pontos e 10 de vantagem sobre os segundos colocados. Leonardo de Souza, Pepê Bueno e Fabinho Santos dividiram a vice-liderança (todos com 40 pontos).

MX 2 – 1ª bateria

Nas primeiras voltas, Gustavo mostrou que não estava para brincadeira e abriu vantagem entre os competidores da MX2. Já Pepê Bueno largou mal, mas conseguiu recuperar posições.

Pepê teve que lidar com Caio Lopes, Léo de Souza e, quando ultrapassou Fabinho Santos, assumiu a 2ª colocação. Pouco depois, Fabinho revidou a ultrapassagem e retomou a vice-liderança.

Pessoa venceu a bateria com 56 segundos de vantagem em cima de Fabinho. Pepê ficou em 3º lugar, Léo em 4º e Caio em 5º.

MX 2 – 2ª bateria

Aqui, Gustavo dominou a corrida novamente. O piloto chamou a atenção para o trabalho da equipe e prometeu que vai continuar nesse pique durante a temporada. “Só tenho de agradecer aos meus mecânicos, que deixaram a moto muito competitiva. A chance de erro nessa prova foi muito alta e era preciso cuidado, mas consegui controlar. Nas próximas provas vou seguir com esse objetivo, que é buscar sempre a vitória”, disse Gustavo.

1º Gustavo Pessoa

2º Léo de Souza

3º Pepê Bueno

4º Fabinho Santos

5º João Pedro Pinho

MX2Jr

MX2Jr – 1ª bateria

Tallys Nathan, que foi o campeão na categoria 230cc, foi o vencedor da 1ª bateria, seguido por Léo Nunes. Matheus Oliveira foi o 3º, Leonardo Zequinão o 4º e Ranan Goto o 5º.

MX2Jr – 2ª bateria

Léo venceu e garantiu a ponta do campeonato, já que Tallys ficou em 3º lugar. Leonardo foi o 2º colocado desta bateria e Matheys Klysman foi o 4º. Vanderlei Junior terminou em 5º.

1º Léo Nunes

2º Leonardo Zequinão

3º Tallys Nathan

4º Matheus Klysman

5º Vanderlei Junior

Confira todos os resultados das duas categorias aqui.

Com informações da Confederação Brasileira de Motocross (CBM).

As mais lidas...

close