domingo, janeiro 23, 2022
22.1 C
São Paulo

Venezuelano Anthony Rodriguez é campeão do Arena Cross

Os campeões da temporada 2021 do Arena Cross foram conhecidos no último domingo, durante a etapa final no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo. Anthony Rodriguez foi o vencedor na categoria Pró, Pepê Bueno na AX2, Kevyn de Pinho na 65 cc e Heitor Matos 50 cc. Confira como foi a prova:

Arena Cross 2021

Neste ano, a 23ª edição do Arena Cross contou com a participação de pilotos internacionais dos Estados Unidos, como Tyler Bowers, Cade Clason e Henry Miller; e da Inglaterra, como Adam Chatfield. Além de representantes de Portugal, Venezuela e Equador, e da presença de público e fãs que assistiram de perto às corridas.

Arena Cross

Arena Cross 2021 teve estrutura inédita para a final

Outra atração da Super Final de 2021 foi a pista, montada pela primeira vez na história do evento em uma área indoor. Todo o trabalho foi construído pelo técnico inglês Justin Barclay, que é responsável também pelos traçados do Campeonato Mundial de Motocross, entre eles o GP do Brasil, realizado no Beto Carrero, em Penha (SC) – eleita a melhor etapa da temporada 2012 e 2013.

Veja também:

Anthony Rodriguez campeão da Pró

A principal classe do Arena Cross contou com duas baterias na última etapa de domingo. Além de pontos extras do Duelo 1×1, entre os dois melhores do classificatório. O venezuelano Anthony Rodriguez da Pro Tork KTM Racing Team venceu a batalha contra Hector Assunção da Honda Racing, e cruzou a linha de chegada na frente na primeira prova do dia.

Hector Assunção (vice) e Anthony Rodriguez (campeão) da Pró (Duda Bairros / Arena Cross)

Hector Assunção (vice) e Anthony Rodriguez (campeão) da Pró – Foto: Duda Bairros / Arena Cross

Devido a uma queda, Rodriguez fechou em terceiro a corrida final, mas foi o suficiente para somar 113 pontos e consagrar-se campeão. O vice-campeonato ficou com Assunção, que foi o único brasileiro que subiu ao pódio no fim de semana na categoria principal. Completando o top3 esteve o português Paulo Alberto.

Pepê Bueno, campeão da AX2 (Duda Bairros / Arena Cross)

Pepê Bueno, campeão da AX2 – Foto: Duda Bairros / Arena Cross

Pepê Bueno vitorioso da AX2

Com uma corrida intensa e possibilidade para três pilotos poderem ser campeões, foi movimentada a decisão da AX2. A prova foi vencida por Enzo Lope – piloto convidado e que não pontuava pelo campeonato. Sendo assim, o título ficou com Pepê Bueno da Yamaha, quarto colocado na bateria. O pódio da classe no geral foi completado por Gabe Gutierres.

Arena Cross – Categoria 65 cc e 50 cc

Kevyn de Pinho da KTM foi o único campeão invicto entre as quatro categorias do Arena Cross 2021. Ele venceu a prova das 65 cc com facilidade e levou o troféu de campeão. O piloto de apenas 12 anos mora nos Estados Unidos, mas disputa as competições aqui no país. Gustavo Torres finalizou o campeonato na segunda colocação.

Kevyn de Pinho, campeão 65cc (Duda Bairros / Arena Cross)

Kevyn de Pinho, campeão 65cc – Foto: Duda Bairros / Arena Cross

Heitor Matos da Husqvarna nas 50 cc levou o título da classe que reúne os pilotos mais jovens do campeonato – entre cinco a nove anos. Matos começou a última etapa abrindo vantagem, para conquistar o título invicto. Porém, uma queda no final impediu o seu objetivo, mas não tirou o mérito do campeão de somente oito anos. Guilherme Valle venceu a prova e conquistou o vice-campeonato na categoria.

Heitor Matos, campeão da 50cc (Duda Bairros / Arena Cross)

Heitor Matos, campeão da 50cc – Foto: Duda Bairros / Arena Cross

Classificação Final do Campeonato 2021

Pró

1º – Anthony Rodriguez #127 – 113 pontos – Venezuela
2º – Hector Assunção #30 – 99 pontos – Brasil
3º – Paulo Alberto #1 – 91 pontos – Portugal
4º – Humberto Martin “Machito” #101 – 82 pontos – Venezuela
5º – Jetro Salazar #60 – 72 pontos – Equador

AX2

1º – Pepê Bueno #97 – 52 pontos
2º – Leonardo Souza #45 – 46 pontos
3º – Gabe Gutierres #491 – 40 pontos
4º – German Bratschi #146 – 37 pontos
5º – Gabriel Andrigo #10 – 32 pontos

65 cc

1º – Kevyn de Pinho #52 – 60 pontos
2º – Gustavo Torres #712 – 51 pontos
3º – Gabriel Cirino #81 – 43 pontos
4º – Zian Bertchold #17 – 31 pontos
5º – Matheus Oliveira #5 – 28 pontos

50 cc

1º – Heitor Matos #300 – 57 pontos
2º – Guilherme Valle #274 – 52 pontos
3º – Bruno Palmieri #91 – 37 pontos
4º – Rafael Caoni #353 – 32 pontos
5º – Jonnas Azzi #17 – 32 pontos

Resultados etapa final  – Cinco primeiros

Soma Corridas Pró

1º – Paulo Alberto #1 – 37 pontos – Portugal
2º – Anthony Rodriguez #127 – 37 pontos – Venezuela
3º – Hector Assunção #30 – 33 pontos – Brasil
4º – Cade Clason #78 – 26 pontos – Estados Unidos
5º – Tyler Bowers #87 – 21 pontos – Estados Unidos

1ª Corrida Pró

1º – Anthony Rodriguez #127 – Venezuela
2º – Paulo Alberto #1 – Portugal
3º – Hector Assunção #30 – Brasil
4º – Cade Clason #78 – Estados Unidos
5º – Henry Miller #129  – Estados Unidos

2ª Corrida Pró

1º – Paulo Alberto #1 – Portugal
2º – Hector Assunção #30 – Brasil
3º – Anthony Rodriguez #127 – Venezuela
4º – Cade Clason #78 – Estados Unidos
5º – Tyler Bowers #87 – Estados Unidos

Corrida AX2

1º – Enzo Lopes #80
2º – Gabe Gutierres #491
3º – German Bratschi #146
4º – Pepê Bueno #97
5º – Leonardo Souza #45

Corrida 65 cc

1º – Kevyn de Pinho #52
2º – Gustavo Torres #712
3º – Matheus Oliveira #5
4º – Gabriel Cirino #81
5º – Lucas Matos #900

Corrida 50 cc

1º – Guilherme Valle #274
2º – Heitor Matos #300
3º – Bruno Palmieri #91
4º – Rafael Caoni #353
5º – Jonnas Azzi #17



Portal MX

As mais lidas...

Notícias Relacionadas

close