terça-feira, setembro 29, 2020
22.9 C
São Paulo

Chad Reed fala sobre cirurgia recente, AUS-X e planos para 2018

O piloto Chad Reed passou por uma cirurgia na semana passada para reparar duas fraturas em seu tornozelo, que ocorreram na Red Bull Straight Rhythm. Com o procedimento, Reed disse que não vai participar do AUS-X Open em sua terra natal, Austrália, mas estará presente para assisti-lo.

Chad Reed fala sobre cirurgia recente

“A corrida desse ano teria seus desafios, mas nada que não conseguisse lidar. Infelizmente, minha manobra na semana passada resultou em duas fraturas em meu tornozelo. Vi meu médico especialista e a melhor chance para me recuperar rapidamente seria a cirurgia. Então, infelizmente, eu não estarei bem para competir em duas semanas. Mas vou viajar até lá para ver a maior quantidade possível de fãs. E os objetivos para 2018 continuam os mesmos! Me preparar para Anaheim 1!”, publicou o piloto nas redes sociais.

View this post on Instagram

I've been slow on the unfortunate news in respect to @ausxopen The one race on my calendar I look forward to most is the Sydney @ausxopen This years race was always going to have its challenges but nothing I wasn't up for Unfortunately my slight over jump last week resulted in two fractures to my ankle (talus) I saw my specialist and the best chance at a healthy fast recovery was to do surgery So unfortunately I won't be able to compete in 🇦🇺 in two weeks time BUT I'll make the trip down to see as many fans as possible As for 2018, The goal remains the same! A1💪🏽🤘🏽 2️⃣2️⃣

A post shared by Chad Reed (@crtwotwo) on

Próximos projetos

O rapaz de 35 anos passou seu último ano com a Yamaha, mas não voltará com o mesmo time para 2018. Em entrevista ao Racer X Online, Chad Reed falou sobre seus planos:

“Há uma chance de que eu não corra e isso seria algo terrível. Eu me coloquei nessa situação. Só gostaria de correr em duas motos para dois times. Daí você se diminui suas chances. É mais ou menos onde eu estou agora. Se eu for honesto, posso dizer que a Honda é interessante. A Husky, eu gosto bastante. Então há uma chance de que algo poderia acontecer com elas juntas”, disse Reed. E ainda completou: “Há uma chance de que eu siga sozinho e faça algo, mas não será da mesma forma como eu já fiz as coisas. Seria bem diferente. Eu quero correr. Sendo honesto, de todas as motos que já corri, a Husky é a que eu mais gostei. É divertida. Parece que seria uma boa moto para correr junto. Assistindo as motos no último fim de semana me dá uma ideia de elas têm algo a mais. Definitivamente, correndo com uma delas, eu teria a sensação e que atingiria tudo o que desejo atingir. Então vamos ver o que virá pela frente”, finalizou.

Com informações da Racer X Online.

As mais lidas...

close