quinta-feira, novembro 26, 2020
23.7 C
São Paulo

Suzuki anuncia saída do Mundial de Motocross e do nacional japonês

A Suzuki anunciou a sua saída do Mundial de Motocross e do All-Japan Motocross em 2018, campeonato nacional japonês. Apesar da notícia, a marca afirmou que continuará providenciando motos para os Estados Unidos pela AutoTrader/Yoshimura (JGR).

Motivo da mudança

De acordo com o comunicado da Suzuki, eles chegaram a essa decisão após rever suas operações e decidir focar na reestruturação no negócio. A equipe também enfatizou que os Estados Unidos são um grande mercado para o Motocross, E, por isso, eles deverão focar todo o seu esforço no mercado norte-americano.

Pilotos 

A decisão da Suzuki deixa uma série de pilotos no limbo. Arminas Jasikonis e Jeremy Seewer são esperados para o MXGP 2018. Enquanto isso, Bas Vaessen e Hunter Lawrence enfrentariam o MX2.

Sabe-se, até agora, que Lawrence fechou um acordo com a Honda que verá ele correr na MX2 em 2018, antes de o piloto se mudar para os Estados Unidos em 2019 com a GEICO Honda. Outros anúncios sobre os demais pilotos ainda não foram feitos.

Vale lembrar que a marca confirmou que continuará produzindo a RM-Z250 e a 450 e dará suporte aos clientes ao redor do mundo.

Leia também:

Com informações do Racer X Online.

As mais lidas...

close