segunda-feira, novembro 29, 2021
26.2 C
São Paulo

Conheça as 12 principais marcas de motos importadas

A lista de marcas de motos importadas, que desejamos que estivessem no Brasil, é grande. Entretanto, sempre tem aquelas que mais se destacam ou mesmo que já tiveram venda direta por aqui. Desta forma, vamos conferir as 12 principais do exterior que estão de fora das terras brasileiras, ao menos oficialmente.

12 Principais marcas de motos importadas

Marca Segmento
1 Aprilia Motos de alta, média e baixa cilindrada; street, cub, sport, trail
2 Indian Motos de alta cilindrada; custom, touring
3 Bajaj Baixa e média cilindrada; scooter; custom; street
4 Benelli Motos de baixa, média e alta cilindrada; naked, scooter, custom, trail
5 Keeway Baixa e média cilindrada; scooter; street, custom
6 Hero Motos de baixa e média cilindrada; scooter; street, trail, adventure
7 Moto Guzzi Motos de baixa, média e alta cilindrada; naked, scooter, custom
8 MV Agusta Alta cilindrada; naked, scooter, sport, drag bike
9 Montesa Motos de baixa e média cilindrada; street, trail, adventure
10 CFMoto Alta, média e baixa cilindrada; street, naked, sport, touring, adventure
11 Norton Motos de média e alta cilindrada; naked, sport
12 Zero Motorcycles Motos elétricas; scooter e street

Veja também:

Aprilia Tuareg 660 é um dos mais recentes lançamentos da marca

1 – Aprilia 

A Aprilia é uma fabricante italiana que foi fundada após a Segunda Guerra Mundial em Noale, por Alberto Beggio. A empresa começou no ramo das bicicletas e logo passou para scooters e motocicletas de pequena cilindrada. Ironicamente, nos dias atuais ela é conhecida principalmente pelas esportivas de grande porte, como a V-twin RSV Mille e a V4 RSV4. A Aprilia também entrou no mundo das competições, começando pelo motocross. Atualmente ainda integra o seleto grupo da MotoGP. Em 2014, a empresa foi adquirida pela Piaggio, sendo uma subsidiária.

 

Indian é a principal concorrente da Harley, mas lá fora…

2 – Indian 

Diferente da marca anterior , a Indian esteve recentemente no mercado brasileiro. A norte-americana inaugurou as atividades no país em 2015, onde competia diretamente com a Harley-Davidson, com seus produtos custom e touring. No entanto, a odisseia durou pouco. Já em 2018 a Indian suspendeu a operação por aqui. O último modelo lançado no país foi a Scout Bobber, no Salão Duas Rodas 2017.  Sediada em Springfield, Massachusetts, a marca foi fundada em 1901 e tem longa tradição no segmento de customs.

 

Bajaj Pulsar

Bajaj Pulsar, a moto linha de frente da marca estrangeira

3 – Bajaj

A Bajaj é uma empresa multinacional indiana, tanto de fabricação de veículos de duas e mesmo três rodas! Assim, ela dispõe desde motocicletas, patinetes até os “riquixás automotivos”. A empresa principal foi fundada ainda na década de 1940 e atualmente é a terceira maior fabricante mundial de motocicletas. Ela fabrica diversos modelos populares, como street, scooter entre outros. Além disso, realiza parcerias, mesmo com marcas como a Kawasaki e Triumph, para desenvolver novos modelos.

 

marcas de motos importadas - benelli

Benelli aposta em modelos esportivos

4 – Motos importadas italianas: Benelli 

A Benelli tem a assinatura do tradicional estilo italiano e aposta em um design arrojado e até extravagante nos seus modelos. A empresa foi adquirida pela chinesa Qian Jiang. Depois disso, até mesmo tentou decolar no Brasil, através da Bramont. Junto da fabricante brasileira – que tinha operação em Manaus para veículos utilitários e motocicletas – foi realizada uma parceria. Entretanto, a estreia no país ficou apenas no apresentação da marca no Salão Duas Rodas 2013.

 

Keeway, nova marca, novos scooters e motos; este é o Logik 150

Keeway Logik 150, um dos modelos que não vieram ao país

5 – Keeway  

Outra marca que chegou no Brasil, ou melhor, quase esteve por aqui, foi a Keeway. A fabricante foi mais uma empresa que pegou carona no grupo de trabalho da Benelli, a Bramont. A fabricante também gerou uma imensa expectativa no mercado local, com seu stand no Salão Duas Rodas 2013. Mais uma vez, entretanto, motocicletas como a RKS 150, RKS 125, TX 150, TXM 150 e Target 125 ficaram só no mercado exterior.

 

marcas de motos importadas - hero

A Xpulse será uma das motos da Hero que irá desembarcar no México

6 – Motos importadas: Hero é a maior do mundo

A Hero MotoCorp Limited é uma multinacional indiana de motocicletas e scooters. O time tem sede em Nova Delhi e nos dias atuais é a maior empresa fabricante de veículos de duas rodas do mundo! A marca oferece uma grande gama de produtos no ramo das duas rodas. São modelos variados, de street até motos de competição. A marca é vista participando em disputas internacionais como o Rally Dakar.

 

Moto Guzzi tem destaque até os dias atuais pelos grandes motores

7 – Moto Guzzi

A Moto Guzzi é a fabricante italiana de motocicletas mais antiga em atividade na Europa. Fundada em 1921 em Mandello del Lario, a marca é conhecida por seu papel histórico e inovações na indústria. A empresa teve o primeiro centro de motociclismo, túnel de vento e motores de oito cilindros. Desde 2004, a Moto Guzzi é uma subsidiária da Piaggio & C. SpA. De fora do Brasil, a marca é conhecida por seus modelos motorizados pelos propulsores em V de 90 ° refrigerados a ar.

 

MV Agusta tem na linha Brutale seu brilho entre as nakeds

8 – MV Agusta

Mais uma tradicional fabricante italiana, a MV Agusta é uma empresa de motocicletas fundada pelo Conde Domenico Agusta, em 19 de janeiro de 1945. Curiosidade, tudo começou como uma das filiais da companhia de aviões Agusta, perto de Milão. A abreviatura MV significa Meccanica, ou mecânica em bom italiano. Como as principais instalações de produção estavam localizadas em Varese, logo formou-se a MV Agusta. Atualmente, a marca dispõe de uma linha que vai desde as insanas Brutale até pequenas como a Rapido.

 

marcas de motos importadas - montesa

Essas são atualmente as mais recentes Montesa em fabricação

9 – Motos importadas: A espanhola Montesa

Atualmente, a Montesa é uma empresa subsidiária da Honda. A marca monta diversos modelos de motocicletas em Barcelona, na Espanha, uma vez que era de propriedade de espanhóis até se associar ao time japonês. No passado, a Montesa se dedicava a modelos de rua, com cilindradas partindo de 110 cm³, mas agora seu principal produto são as motos de competição de hard enduro e trial.

 

cfmoto 250cc

CFMoto chegou a ventilar pretensões na MotoGP

10 – CFMoto

A chinesa CFMoto tem uma grande gama de modelos, como supersport, touring, sport e  adventure. A marca atualmente busca sua expansão, assim como conquistar maiores fatias de mercado na Europa. Desta forma, a empresa não poupa esforços desenvolvendo modelos alinhados ao mercado do velho continente. Além disso, inclusive já cogita entrar em competições a grande nível mundial. No Brasil, oferece apenas quadriciclos e UTVs.

 

marcas de motos importadas - norton

Norton está de volta à ativa com modelo novo

11 – Norton

A Norton é uma marca de motocicletas nascida na Inglaterra, com origem datada de 1898. A empresa é conhecida por seus modelos clássicos e cultura altamente ligada ao nascimento das cafe racer. Por volta dos anos 90, os direitos de uso do nome da Norton pertenceram a financiadores norte-americanos. Atualmente, a marca é de propriedade dos indianos da TVS. No entanto, a empresa segue com sede no Reino Unido e lançou recentemente a V4SV, sua primeira motocicleta após o retorno sob o comando estrangeiro.

 

marcas de motos importadas - zero

Zero Motorcycles tem esportivas elétricas

12 – Zero Motorcycles

Fechamos a nossa lista com marcas de motos importadas com uma companhia recente, a Zero Motorcycles Inc. O time é um fabricante norte americano de modelos elétricos. Anteriormente chamado de Electricross, tudo começou em 2006, pelas mãos do ex-engenheiro da NASA, Neal Saiki. A empresa atualmente desenvolve motos em diferentes segmentos, desde a Zero S, destinada ao uso de rua, a esportiva SR e a supermoto FXS. Além de incursões no mundo do motocross com a FX.



Portal MX

As mais lidas...

Notícias Relacionadas

close