domingo, setembro 27, 2020
20.1 C
São Paulo

Dez perguntas sobre o jeito certo de iniciar crianças no motocross

O amor pela corrida pode começar desde cedo, vendo os pais em competições, assistindo aos vídeos de pilotos profissionais ou jogando vídeo games de corridas com os amigos. Apesar do desejo do(a) pequeno(a), nem todos os pais sabem como fazer esse contato entre moto e criança de um jeito saudável e divertido. Pensando nisso, o MX Action conversou com Marcelo Gabrinho Simões, o Simão, piloto de FMX há 13 anos e pai do Thomas, de 5 anos, e fez dez perguntas sobre o jeito certo de iniciar crianças no motocross. Confira!

A partir de que idade a criança pode começar a ter contato com esse mundo?

Não tem idade. O Thomas começou a andar de bike (balance bike) com mais ou menos 1 ano e 7 meses.

Quais as melhores minimotos para crianças?

Não existe a melhor moto, mas a melhor oportunidade, já que estamos falando em Brasil. Thomas tem uma nacional de 50cc 4 tempos, mas acho muito pesada. Gostaria muito de ter dado uma pw 50cc 4 tempos importada, pois é mais leve, mais fraca e mais segura.

Suas peças são fáceis de encontrar no mercado caso haja necessidade de trocas ou reposições?

Se a minimoto for nacional, como a do meu filho, sim. As peças são fáceis, mas vale lembrar que não é uma minimoto de competição. Nesse último caso, tudo pode mudar. Além de serem mais difíceis de encontrar, elas são peças muito caras devido ao dólar e aos impostos que somos obrigados a pagar.

Como devem ser feitas as primeiras voltas da criança? De maneira gradual?

Com certeza, deve ser de modo gradual. Meu filho aprendeu a andar com a balance bike e ganhou bastante equilíbrio. No comecinho, dei uma volta com ele na frente, ensinando o quanto ele podia acelerar. Depois disso, foi só deixá-lo pilotar, mas sempre fiquei atrás, ajudando nas curvas e segurando a parte traseira da moto.

Em que tipo de pista a criança pode brincar?

No caso do Brasil, é bem difícil, porque não temos pistas especificas para iniciantes ou crianças. O ideal é, no princípio, levar para lugares planos e, depois, para terrenos um pouco mais acidentados. Na pista de MX, espere ela estar livre e deixe a criança contornar os obstáculos. Com o tempo, os saltos virão gradativamente.

O que pode ser feito para que a criança ganhe mais confiança?

Na idade de meu filho, às vezes, subo na garupa dele para passar mais confiança e mostrar que ele consegue. Mas não chegamos ainda aos saltos… ele pilota às vezes porque gosta. Já cheguei carregar tudo porque ele me pediu, ir a um local e, chegando lá, ele não quis pilotar, talvez porque não estava confiante. Carreguei tudo novamente e voltamos para casa e nos divertimos com outras coisas… ou mesmo assistimos aos vídeos de outros pilotos para saber que ele também pode fazer um dia.

Os pais podem aproveitar a oportunidade para ensinar foco e concentração para as crianças? Como?

Com certeza! Mostrando que ele tem capacidade para pilotar e que precisa de foco e concentração para fazer uma curva mais rápida, se quiser. Vendo um vídeo, ele pode até mentalizar tudo o que pode fazer e pilotar igual ao piloto da internet ou muito melhor.

Se ela quiser correr em competições, quais as suas sugestões para os pais dessa criança? Em que tipo de corridas essa criança pode entrar e a partir de qual idade?

O campeonato brasileiro de MX e o Arenacross permitem crianças a partir de 7 anos a andar na 50cc. Antes de incluir o filho em uma modalidade, é interessante entrar em contato com a organização dos eventos para saber mais informações.

Qual o tempo de treino ideal para a criança?

Voltamos à questão de o que é bom para um para o outro não funciona tão bem. Depende muito da idade! Acredito que até uns 10 anos, a criança tem que ditar o ritmo e andar o quanto quer. Claro que quem quer ir longe tem que trabalhar e treinar. Acredito ser ótimo levar a criança todos os dias que puder, mas deixa-la treinar livremente e sem exageros.

Quais os equipamentos e acessórios necessários para os pequenos pilotarem em segurança?

Bota, capacete, óculos e luva sempre! Uma joelheira legal com um conjunto de calça e camisa. Fora do Brasil, também é fácil encontramos um colete bem legal para os pequenininhos e acho que vale muito a pena.

Pra compartilhar com a criançada:

Leia também:

Curtiu da entrevista com dez perguntas sobre o jeito certo de iniciar crianças no motocross? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe a matéria com os seus amigos 😉

As mais lidas...

close