sexta-feira, novembro 27, 2020
22.6 C
São Paulo

Romain Febvre assina com a Monster Energy Kawasaki

Romain Fevbre ao lado dos dirigentes do time.
Foto: Kawasaki Racing

A Monster Energy Kawasaki Racing Team anunciou nesta terça feira (1), Romain Febvre como o mais novo piloto do time para a temporada 2020. O russo assinou um contrato de duas temporadas com a nova equipe.

Romain Febvre terá como companheiro de equipe o experiente Clement Desalle, ambos sofreram com lesões nessa temporada, mas sem dúvidas são pilotos de “peso” para defender a equipe.

Coroado campeão mundial em 2015, logo na sua estréia na categoria MXGP, Romain Febvre que completa 28 anos em dezembro, tem alcançado boas colocações com frequência na principal categoria.

Apesar de ter perdido boa parte da temporada por conta de lesões, Fevbre conquistou 4 pódios, venceu 4 baterias, e também venceu o GP da República Tcheca onde conquistou vitória em ambas as baterias.

O piloto russo chega para fazer companhia a Clement Desalle. O belga irá para a sua 5ª temporada na equipe, equipe essa que está animada para a próxima temporada. Desalle se recuperou de lesão e brevemente retornará as atividades com sua KX 450, já Febvre ainda precisa de mais algumas semanas para se recuperar da fratura no fêmur, sofrida durante o GP da Suécia a pouco mais de 1 mês.

Romain Febvre: “Passamos para uma nova página, mas o livro ainda está aberto e há uma nova aventura no horizonte! Estou muito feliz com essa escolha, nunca é fácil mudar depois de cinco anos no mesmo time, mas tenho certeza de que este é o melhor momento para essa mudança. Minha lesão no final desta temporada atrasará meus primeiros dias com a nova equipe, mas estou ainda mais motivado para voltar as atividades com moto. No que diz respeito à minha lesão, está demorando muito tempo, mas tudo como planejado pela equipe médica”.

Em breve farei o primeiro exame seis semanas após a cirurgia, veremos como está o fêmur e poderemos fazer nossos planos para a reabilitação. Vou fazer uma pausa mais longa do que o normal, mas a paciência é a única opção e não quero colocar em risco nenhum estágio, para poder começar a trabalhar em boas condições e abrir este novo capítulo da minha carreira. A equipe está 100% comigo. Eles têm uma experiência forte de corridas e tenho certeza de que conseguiremos grandes coisas juntos“.

Thierry Chizat Suzzoni (proprietário da equipe) :”Estamos muito felizes em receber Romain na equipe ao lado de Clément. Ambos tem muita experiência e estou convencido de que eles se unirão para cooperar e tirar o melhor proveito de nossa Kawasaki. É uma ótima moto, que os dois vão querer subir no pódio. Sabemos que Romain sempre dá 100% e esperamos com confiança que ele e Clément nos coloquem no topo”.

As mais lidas...

close