sábado, setembro 26, 2020
18.7 C
São Paulo

O que muda no Brasileiro de Motocross com o adendo no regulamento?

Quem conhece o Brasileiro de Motocross sabe que a competição atrai inúmeros pilotos de várias regiões do país. Apesar disso, nem sempre todos os atletas conseguem participar das corridas devido a distância do local. Para contemplar um número maior de pilotos, a Confederação Brasileira de Motociclismo adicionou um adendo no regulamento. A intenção foi trazer uma nova etapa à competição, que será realizada em Gramado, no Rio Grande do Sul.

O que muda no Brasileiro de Motocross com o adendo no regulamento

Com a mudança, os pilotos das classes 50cc, 65cc, 230cc, MXF, MX4 e MX5 passam a ter mais uma opção de escolha para competir.

Sendo assim, a participação será permitida em, no máximo, quatro das cinco etapas. Condiciona-se não só o descarte, mas também a não participação em uma das cinco etapas. Ou seja, o piloto precisará escolher com antecedência em quais cidades irá competir, das cinco disponíveis.

Próximos passos

Para as classes MX 4 e MX5, há provas previstas em Nova Alvorada do Sul, Extrema (MG), além de Gramado e mais uma região que ainda está a ser definida.

Para as classes MXF, 50cc e 65cc, haverá etapas em Fama (MG), Morrinho (GO), Barretos (SP), além de Gramado.

Como as classes já correram uma etapa, os pilotos vão ter a oportunidade de avaliar quais cidades ficarão mais acessíveis para eles. Assim, poderão escolher as três cidades em que poderão competir.

Para consultar o adendo do regulamento, clique aqui.

Veja também:

As mais lidas...

close